terça-feira, 10 de junho de 2008

PEGADAS


Samambaia-DF, terça-feira, 10 de Junho de 2008.


Em meu devocional de hoje, o Espírito Santo me inspirou com as palavras de esperança no livro de Jó.

Quem já teve a grande experiência em ler Jó, e, pelas revelações dada pelo Espírito Santo, sabe que é um livro que nos apresenta uma realidade de muita adversidade, passada pelo nosso irmão Jó. Mas, não irei aqui nessas linhas levantar "teses" acerca do livro de Jó.

Mas vamos às nossas palavras de esperança.
_______________________________

Senhor Deus, Papai amado. Eu te amo tanto!

Sei que é somente tu que podes me justificar diante de tantas mudanças que venho a passar em minha vida neste mundo caído.

São tantas as questões que me envolvem no dia-a-dia tão corrido da minha existência que, às vezes, me deixo ser levado pelas situações.

Errado, eu sei!

Mas Senhor... como é duro vivenciar essas questões e não querer decifrar os "por quês" que são gerados por elas. São tantos "por quês" gerados pelos dedos apontados para minha pessoa que, sinto-me constrangido.

Para estes dedos não devo justificar nada a eles. Mas, somente a ti, preciso apresentar-me e buscar justificativas.

És somente tu Papai amado que me justifica. Essa certeza... preciso crer nela todos os dias.

Deus, através do teu Espírito, que é Santo, instrua-me a perceber e a entender que todas essas questões, não são tão simples de entendê-las. Acalma o meu espírito pelas respostas.

As razões sobre a "vida e a justiça" que cercam as suas ações em nossas vidas, nós humanos, estamos tão longe de poder compreendê-las. Os seus padrões de moral são tão altos diante das nossas ações diárias cheias de imperfeições.

Senhor, digo que não erro a todo momento. Mas percebo que deve existir alguns feitos meus que, acabam por me deixar em "débito" contigo, justamente pelos teus altos padrões de moral que faz-se necessário seguir.

Eu sei Papai que sou capaz de segui-lO, pois a minha busca por ti é VERDADEIRA e SINCERA!!

E o Senhor conhece o nosso coração, e, somente o Senhor pode nos mostrar onde estamos 'a continuar' a errar.

Sei que através da minha entrega à tua vontade santa, tanto as acusações (os dedos apontados) e dúvidas (os por quês) vão, pouco a pouco, sendo 'apagados' em minha mente e espírito.

É somente seguir os teus passos e não esquecer de tuas leis.

A tranqülidade vai tomando conta de meu ser. Totalmente!!

Oh Senhor!! Como é bom sentir essa sensação da VERDADEIRA PAZ!!
___________________________________

"Meus pés seguiram suas pisadas, guardei seu caminho, e não me desviei dele.
Do preceito de seus lábios nunca me apartei,
escondi em meu íntimo as palavras de sua boca."

Jó 23. 11 e 12



Nenhum comentário: